(11) 3254-2011 / (11) 94319-2724 contato@molinajazzar.adv.br

Notícias

Empresa de segurança é condenada por negar pedido de substituição de vigilante que passou mal

23/08/2016

Um vigilante que passou mal por intoxicação alimentar no Fórum Cível de Piraquara (PR), onde trabalhava, vai receber R$ 10 mil de indenização por danos morais, por ter tido seu pedido de substituição negado pela Betron Tecnologia em Segurança Ltda. A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho proveu em parte seu recurso para restabelecer o valor fixado originalmente na sentença, reduzido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR) para R$ 2 mil.

Na reclamação, o vigilante alegou descaso da Betron no episódio ocorrido durante a jornada de trabalho no Fórum, onde prestava serviços. Ele se sentiu mal devido a uma intoxicação alimentar e ligou para a empresa pedindo que o substituíssem. A Betron, porém, disse que não tinha outro vigia disponível. Por mais de 40 minutos, disse que ficou prostrado, com o corpo inchado e erupções na pele, até que uma juíza, ao vê-lo, pediu ajuda médica e solicitou à empresa que o substituísse, sendo prontamente atendida.

A empresa, em sua defesa, sustentou que o vigilante estava afastado do trabalho naquele dia, mediante atestado médico. O juízo da 19ª Vara do Trabalho de Curitiba (PR), porém, não se convenceu, tendo em vista que a o atestado começava no dia que ele passou mal. A negligência da empresa, segundo a sentença, poderia ter consequências mais graves ao trabalhador, que demonstrou consideração pelo empregador ao solicitar alguém para substituí-lo. “É inaceitável o empregado não poder contar com a proteção do próprio empregador no local que desempenha suas atividades”, concluiu a sentença, fixando a indenização em R$ 10 mil.

O TRT-PR também julgou abusiva e indecorosa a atitude da empresa e claro o constrangimento do vigilante, que, debilitado, teve de se valer da ajuda de terceiros para buscar atendimento médico. No entanto, reduziu a condenação para R$ 2 mil.

O relator do recurso do vigia ao TST, ministro Alexandre Agra Belmonte, explicou que o Tribunal, assim como o STJ, adota entendimento de que o valor das indenizações por danos morais somente pode ser modificado se as instâncias ordinárias fixarem valores exorbitantes ou irrisórios. Para Agra Belmonte, os R$ 2 mil arbitrados pelo Regional estão aquém dos parâmetros da proporcionalidade e razoabilidade, e, por isso, propôs o restabelecimento da sentença.  A decisão foi unânime.

Processo: RR-239-26.2012.5.09.0028

Fonte: Tribunal Superior do Trabalho (TST)
(Lourdes Côrtes/CF)

Últimas Notícias

Corregedoria lança edição do Banco de Talentos para Assistentes de Juiz

Corregedoria lança edição do Banco de Talentos para Assistentes de Juiz anasiqueira Ter, 03/10/2023 - 14:22 Corregedoria lança edição do Banco de Talentos para Assistentes de Juiz Conteúdo da Notícia A corregedora regional  e o vice-corregedor regional do Tribunal...

Presidente Samuel abre Semana Jurídica da PUC-Campinas

Presidente Samuel abre Semana Jurídica da PUC-Campinas anasiqueira Seg, 02/10/2023 - 16:22 Presidente Samuel abre Semana Jurídica da PUC-Campinas Conteúdo da Notícia O  presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, desembargador Samuel Hugo Lima, promoveu...

Magistrados do TRT-15 conhecem sistema produtivo da sul-coreana Hyundai

Magistrados do TRT-15 conhecem sistema produtivo da sul-coreana Hyundai anasiqueira Seg, 02/10/2023 - 14:45 Magistrados do TRT-15 conhecem sistema produtivo da sul-coreana Hyundai Conteúdo da Notícia O presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região,...

8° Mesa de Direito Comparado tem como tema os sistemas jurídicos do Brasil e da Espanha

8° Mesa de Direito Comparado tem como tema os sistemas jurídicos do Brasil e da Espanha anasiqueira Sex, 29/09/2023 - 16:35 8° Mesa de Direito Comparado tem como tema os sistemas jurídicos do Brasil e da Espanha Conteúdo da Notícia A Vice-Presidência Judicial do...

TRT-15 movimenta R$ 560,5 milhões na Semana Nacional de Execução Trabalhista, garantindo o segundo lugar no ranking

TRT-15 movimenta R$ 560,5 milhões na Semana Nacional de Execução Trabalhista, garantindo o segundo lugar no ranking anasiqueira Sex, 29/09/2023 - 13:40 TRT-15 movimenta R$ 560,5 milhões na Semana Nacional de Execução Trabalhista, garantindo o segundo lugar no ranking...

Sentença condena aplicativo de transportes em R$ 1 bilhão por danos morais coletivos

A 4ª Vara do Trabalho de São Paulo condenou a Uber a realizar a contratação de todos os motoristas ativos em sua plataforma, além de pagar R$ 1 bilhão em danos morais coletivos. Publicada nesta quinta-feira (14/9), a decisão foi tomada em sede de ação civil pública...

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região e Petrobras firmam acordo de cooperação técnica

A Justiça do Trabalho da 2ª Região e a Petrobras assinaram, nesta quinta-feira (14/9), um acordo de cooperação técnica que visa adotar uma rotina conciliatória envolvendo as execuções trabalhistas que tenham a empresa como responsável subsidiária.O acordo convenciona...

Beneficiário da justiça gratuita que falta a audiência sem justificativa deve pagar custas

A 9ª Turma do Regional do Trabalho da 2ª Região confirmou  sentença que condenou um trabalhador ao pagamento de custas judiciais após não ter comparecido à audiência de instrução.Na ocasião, o juízo de primeiro grau decidiu pelo arquivamento do processo e deferiu ao...